Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Antes que se faça tarde...

"O regime de liberdade, aliás relativa, em que vivemos permite ao primeiro transeunte evacuar o espírito de toda a espécie de tralha. É um privilégio que devemos intransigentemente defender." V. Pulido Valente

Antes que se faça tarde...

Coragem

Maio 23, 2009

Nuno M. Albuquerque

Hoje, num Editorial que é, no país dos militantes doentios do "politicamente correcto",  de enorme coragem, o director do jornal tece considerações que, ou muito me engano, ou vão causar brado. Racista já por aí escutei. Mas de certeza que vai engrossar.

 

Da minha parte, ocorre-me apenas felicitá-lo. Pela coragem de escrever aquilo que quase todos pensam, muitos sabem e poucos querem aceitar.

Incongruências

Maio 23, 2009

Nuno M. Albuquerque

Leonor Cipriano e o irmão(?) foram acusados pelo crime de homicídio de Joana. O corpo da vítima nunca apareceu. Nem, que eu saiba, quaisquer provas materiais do crime. Decisão: condenados.

 

Os polícias que interrogaram Leonor Cipriano foram acusados de a torturarem (para obterem uma confissão?). O corpo da vítima apareceu. Decisão: absolvidos por falta de provas.

 

Não conheço nenhum dos casos com suficiente detalhe para sobre eles me pronunciar juridicamente. Em abstracto qualquer das situações tem cabimento jurídico.

Em concreto, começamos a ficar um pouco cansados destas aparentes incongruências sistémicas. 

 

 

Crimes privados

Maio 15, 2009

Nuno M. Albuquerque

 

Este senhor deve considerar a criminalização da violência doméstica como uma forma especialmente baixa de delação.
 
A falta de vergonha não olha a idades.

Um país decente

Maio 13, 2009

Nuno M. Albuquerque

Em qualquer país decente e até em alguns de duvidoso índice de salubridade democrática, isto tinha consequências imediatas. A vários níveis.

 

O silêncio ensurdecedor (*)que hoje se faz ouvir neste pardieiro à beira-mar plantado é o paradigma brutal da nossa essência. 

 

(*) Com a "honrosa" excepção do defensor oficioso do regime. 

"i"stranho...

Maio 07, 2009

Nuno M. Albuquerque

 

A blogosfera é rápida e tantas vezes abundante até à náusea na sua reacção a trivialidades, banalidades e outras espécies de factualidades.
 
Sendo mais uma manifestação, dizem alguns que brutal e perigosa, da liberdade de expressão, permitindo tanto ao mais anónimo dos anónimos, como aos “tubarões” do espaço mediático, a sua “posta de pescada” diária, é com "i"stranheza que constato a quase absoluta ausência de reacções, designadamente do quadrante político da esfera blogueira, ao lançamento de um novo diário.
 
Hmmm, porque será?

"i" de iniciativa

Maio 07, 2009

Nuno M. Albuquerque

Isto promete.

 

Num momento em que os limites da liberdade de imprensa estão no centro do debate político e  em que os jornais ditos de referência se encontram mais ou menos colados à linha oficial, vai ser interessante perceber como se vai posicionar este novo título.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D