Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

Parece que o Primeiro-Ministro terá sugerido aos milhares de professores condenados ao desemprego que a alternativa da emigração para os países lusófonos deveria ser seriamente considerada.

 

Num país habituado a que os políticos mintam despudoramente, veja-se os últimos 30 anos, não deixa de ser curioso o rasgar de vestes que esta afirmação provocou.

 

De sindicalistas profissionais a políticos da velha guarda, ninguém se furtou a destratar o meliante.

 

Para compor o ramalhete, até o Prof. Marcelo, qual grilo falante da pátria, veio dizer mais ou menos isto: bom, o que ele disse é verdade, mas não o devia ter dito. Enganava-nos mais um bocadinho. Pelo menos até passar o Natal.

 

Não sei se o Primeiro-Ministro é bom ou mau. Desconheço se o que está a fazer vai ou não resultar. Creio até que ninguém, ele incluído, sabe exactamente o que vai acontecer.

 

Uma coisa sei. A verdade é sempre melhor que a mentira. E de mentiras estamos todos fartos. Eu estou.



publicado por Nuno Albuquerque às 20:31 | link do post | comentar

mais sobre mim
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


posts recentes

Comentários online. Ponto...

Bofetadas

Animal feroz.

A Taxa

Rui Machete pede desculpa...

Limitação de mandatos

Da falta de pudor.

Deus,se existisse, era at...

"Até quando a velha carca...

Ups...

arquivos

Janeiro 2017

Abril 2016

Novembro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Março 2013

Novembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Dezembro 2011

Maio 2011

Setembro 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

links
blogs SAPO
subscrever feeds